Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Saúde: Drenagem linfática melhora a circulação
 

Esse processo ajuda a circulação e estimulação, desobstruindo o sistema linfático que realiza a drenagem da linfa que é o líquido que retira as impurezas do sangue. Ou seja, ocorre a eliminação de toxinas do organismo melhorando o sistema circulatório. O casal dinamarquês Estrid e Emil Vodder foi o idealizador da técnica de Drenagem Linfática Manual na década de 30. Os dois trabalhavam juntos na Riviera Francesa. O médico começou a perceber que alguns de seus pacientes apresentavam alterações nos gânglios linfáticos e passou a tratá-los com massagens para estimular esses locais. O método surtiu efeito e logo passaram a divulgar a técnica e seus resultados. É possível dizer que alterações no organismo podem fazer com que as impurezas fiquem paradas e para isso, a terapia auxilia na desobstrução e melhora da circulação. Para que seja bem realizada, é importante que se tenha o conhecimento científico e assim o objetivo seja alcançado. Quem passa por alguma cirurgia plástica a terapia também pode auxiliar: Desincha o local e alivia os hematomas. Também muito conhecida na estética, a drenagem é muito recomendada para casos de celulite auxiliando a eliminação de líquidos. O terapeuta que realiza a drenagem utiliza as palmas das mãos e as pontas dos dedos que vão em direção ao sistema linfático. A massagem é feita com movimentos que deslizam e realizam certa pressão em determinadas regiões. Hoje, existem aparelhos que foram desenvolvidos para realizar a drenagem linfática. Porém, acredita-se que o método manual seja o mais eficiente e sempre deve ser feito por um profissional habilitado para o serviço. Essa técnica não é indicada para pessoas com casos de tumores, pois através da drenagem poderia haveria a disseminação dessas células pelo corpo. Além disso, pacientes com problemas de pele, infecções, febre e doenças respiratórias consideradas graves não devem passar por esse tratamento.

 
Fonte:
Data: 6/2/2007
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.