Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Gravata: Muita história para contar
 

Alguns sentem-se incomodados com ela. Outros têm obrigação de usar em função de seus afazeres. Apesar de ser uma peça muito usada em outros países, os brasileiros não têm o costume de usar gravata. Por morarmos em um País Tropical, consequentemente muito quente, o uso da gravata está normalmente associada a trabalho ou a alguma festa. Mas você sabe como surgiu essa peça?
Acredita-se que a palavra gravata vem do servo-croata hrvat ou também krawat. O nome foi dado em alusão à tira de pano que os soldados croatas, mercenários do Exército Francês do século XVII usavam amarrada ao pescoço.
Na época, o acessório era apenas um distintivo militar. Porém, a peça caiu nas graças do povo francês que ao invés de usá-la aberta sobre o peito passou a amarrá-la ao redor da gola.
Existe uma outra teoria que diz que o primeiro a usar gravata foi o Rei Luis XIV. Muito vaidoso, o monarca mandou que um alfaiate adaptasse um pedaço de pano à gola de seus uniformes.
Independente da origem da peça, escolha a gravata com o modelo que você mais goste e opte também pelo nó que mais agrade que pode ser o esportivo, windsor ou half-windsor, além de outras variações.

 
Fonte:
Data: 23/10/2006
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.