Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Saúde: Você ronca?
 

Já aconteceu de alguma vez você acordar com o barulho de alguém que está roncando? Além do inconveniente para quem estava dormindo, pode indicar problemas de saúde e atrapalhar a vida afetiva de casais. Muito mais comum do que se imagina, existem informações que indicam que cerca de 25% da população ronca com alguma freqüência.

Esse barulho é relatado desde os primórdios da Humanidade. Algumas crenças dizem que durante a noite, os homens primitivos defendiam suas mulheres fazendo barulhos e ruídos estranhos enquanto dormiam.

O ronco acontece quando existe algum tipo de obstrução que impede a passagem de ar durante o sono. Ou seja, a obstrução parcial das vias aéreas acaba causando aquele barulhinho chato durante a noite.

Uma das causas do ronco é que quando estamos dormindo ficamos com os músculos muito relaxados, inclusive a língua. Em alguns casos ela acaba dificultando a passagem de ar. Existem outros fatores como a obesidade, falta de exercícios, consumo de álcool e comidas pesadas a noite, além da posição na hora de dormir.

Em algumas situações o ronco é considerado normal durante o sono. O problema começa quando ele acontece com muita freqüência e força. Nesse caso, a pessoa pode sofrer com apnéia em que acontece a falta de ar por alguns segundos. Durante a apnéia ocorre a obstrução total das vias aéreas. Como resultado, podem aparecer quadros de doenças cardíacas, pulmonares, sonolência e problemas comportamentais como irritabilidade e baixo rendimento na escola ou no trabalho.

Uma maneira simples de tentar evitar o ronco é criar o hábito de dormir de lado para que a passagem de ar aconteça com mais facilidade. Para criar esse costume, basta costurar uma bolinha de tênis nas costas do pijama ou qualquer outro objeto que não machuque mas que impeça a pessoa de dormir com a barriga para cima.

Não ingerir comidas pesadas e evitar álcool antes de dormir também pode ajudar. Porém, para casos de ronco muito forte ou apnéia, é necessário buscar ajuda médica para evitar as doenças decorrentes desses problemas.

 
Fonte:
Data: 3/10/2005
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.