Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Chá Verde: conheça as suas propriedades
 

Um chazinho sempre é bom para acabar com a sede e fica melhor ainda se for feito com o banchá ou também conhecido como o chá verde. Acredita-se que ele possui diversas propriedades medicinais e que a cada dia que passa cientistas estão descobrindo uma nova utilização para ele.

Conhecido por ser um hábito japonês na verdade tem a sua origem na China, sendo que na antiguidade seu uso estava relacionado principalmente a atos religiosos. Dizem que o imperador Shen Nong foi o inventor do chá. Por questões higiênicas, ele passou a ferver a água antes de bebê-la. Só que um dia, quando ele estava descansando na sombra de uma árvore, caíram algumas folhas em uma vasilha em que havia água em ebulição. Curioso, resolveu experimentar e adorou o sabor e aroma daquela mistura. Entretanto, o uso do chá verde começou entre os monges budistas. Os japoneses têm o hábito de servir esse chá no período das refeições para auxiliar na digestão.

Muito se escuta falar sobre os seus benefícios e entre suas propriedades conhecidas estão a redução de problemas cardiovasculares, emagrecimento, proteção contra gastrite e infecções gastrointestinais. Dizem que os diabéticos também têm nesse chá um poderoso aliado, pois ele também reduziria as taxas de glicemia.

Quanto ao colesterol, haveria a diminuição dos níveis de gordura no sangue e controle da pressão arterial. Também pode ter efeito protetor contra as cáries e provoca o aumento da densidade mineral óssea.

Os chás preto, verde e chinês são obtidos a partir da planta Camellia sinensis que é rica em substâncias antioxidantes e evitam a ação destrutiva das moléculas de radicais livres que atacam as células. A planta possui ainda propriedades adstringentes e anti-sépticas, até sendo indicada para a limpeza de pele.Ela é rica em tanino que ajuda nesse processo.

É necessário verificar o modo de preparo do chá. A água precisa ser colocada para ferver e um pouco antes de entrar em ebulição deve ser colocada em contato com as folhas do chá. A infusão precisa ser abafada por dois a três minutos fora do fogo. O chá também não deve ser guardado por muito tempo, pois ocorre a perda de algumas de suas substâncias.

 
Fonte:
Data: 29/8/2005
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.