Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Viver Bem:
você sabe do que seu coração precisa?
 

Fantasiar encontros, idealizar romances e desejar a perfeição é muito fácil e – verdade seja dita! – até gostoso! O problema começa quando não conseguimos sair dessa dinâmica, quando acreditamos que fantasias, idealizações e desejos são do que realmente nosso coração precisa!

O coração da gente é o maior tesouro que possuímos. E – você sabe – os tesouros sempre estão num lugar de difícil acesso, justamente para que somente os merecedores possam encontrá-los!
Isso nos faz chegar a duas conclusões:
A primeira é que você mesmo deve ser o desbravador pioneiro de seu mais precioso caminho... de seu mais autêntico endereço! Somente assim, poderá conhecer o valor de seu coração, o espaço que há nele e de que maneira ele pode ser satisfatoriamente preenchido!
A segunda é que se você conhecer o caminho, ao perceber que alguém está tentando chegar até seu coração, você poderá sentir e, se for do seu interesse, até ajudar seu pretendente a realizar a conquista!

No entanto, o intuito deste texto não é ensinar-lhe o caminho, mas instigá-lo a refletir:
“Do que é que meu coração precisa?”
Porque ficamos divagando entre pensamentos e desejos, mas não nos damos conta de nossas verdadeiras necessidades. Não paramos para olhar o que já cultivamos, o valor dos nossos mais profundos sentimentos, enfim, nem sabemos que tipo de amor temos a oferecer para então, em seguida, descobrirmos que tipo de amor nos complementa.
E, assim, desinformados e sem sabermos ao certo o que estamos buscando, desperdiçamos energia e tempo entrando e saindo de relações que mais servem para nos desmotivar e nos desanimar do que para nos fazer amadurecer e chegar mais perto de um verdadeiro e válido encontro!

Convido você a mergulhar num “mapa do tesouro” que considerei providencial:
“... já não sei mais se me exijo à altura do que desejo. Sei apenas que me espero na medida exata do que eu preciso”.

É isso! Muito mais importante do que ficar a vida toda se exigindo conquistas mirabolantes, relações perfeitas, encontros inesquecíveis ou amores que reproduzam somente as parcialidades dos contos de fadas... é que você aprenda, atenta e inteligentemente – como quem reconhece e confia no perfeito fluxo da vida – a se esperar na medida exata do que você precisa!
Porque, definitivamente, todos nós precisamos de amor. Cada um com suas necessidades particulares, com seus valores e medidas... mas sempre à espera de si mesmo... entrelaçado e envolvido pelo amor!

 
Fonte:
Data: 16/2/2004
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.