Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Passeio seguro:
usa a cadeira de
segurança no carro
 

Convencer os filhos a se sentar na cadeirinha é uma tarefa árdua.

Mas os pais não deveriam andar nem meio metro com as crianças soltas no automóvel. Segundo o Ministério da Saúde, os acidentes de carro são responsáveis por 15% das mortes na faixa etária de 1 a 9 anos. Esse risco cairá 71% se o equipamento de segurança for usado. Ele é indispensável até os 10 anos em média, com essa idade a criançada atinge 1,40 m e, sentada, já alcança o chão com os pés. Antes disso, o cinto do próprio veículo pode machucar o pescoço, além de não segurar o corpo pequeno direito.

O bebê deve sair da maternidade em um cesto, conhecido como bebê conforto. O modelo serve para crianças de até 9 quilos e deve ser preso no banco de trás, mas de costas para o motorista. Isso protege o pescoço e a coluna cervical extremamente frágeis.

Compre apenas as cadeiras com o certificado de garantia. Um levantamento recente feito em três capitais brasileiras pela Safe Kids, entidade internacional que fiscaliza a segurança das crianças, mostra que apenas 6% delas são trasportadas em assentos apropriados. E segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, 60% das famílias dispensam essas poltronas e até o cinto se o percurso for curto. Um engano achar que as crianças estão em segurança no colo ou no banco de trás. Uma freada leve já consegue jogá-las longe.

Mas atenção: fixe a cadeira com um cinto de três pontos. Se ela balançar, algo está errado. O mais difícil, porém, é convencer os maiores de que isso não é só para bebês. Explique a razão e dê o exemplo usando o cinto. Vale argumentar que ficará mais fácil ver pela janela.

 
Fonte:
Data: 14/2/2003
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.