Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
ESCOLA: a difícil escolha na hora de decidir a educação dos filhos
 

A escola deve se encaixar com o perfil da família, com as suas idéias. O difícil, muitas vezes, é optar pela escola tradicional ou pela liberal. O importante é conhecer as diferenças e verificar qual das escolas se aproxima dos princípios da família.

O modelo tradicional de ensino não dá autonomia ao aluno, nem espaço para ele expor as suas idéias, já que o método de ensino não é participativo. O estudante acaba atuando mais como um ouvinte dentro da sala de aula, onde o professor é a figura máxima. Não há espaços para reflexões nas aulas.

Outra característica é que o planejamento pedagógico já vem pronto, isto é, as aulas são dadas dentro de um programa pré-estabelecido já no início do ano letivo. Esse tipo de ensino está mais preocupado em exercitar a memória do aluno e não em estimular o seu raciocínio. Este tipo de escola pode ser uma ótima alternativa para algumas crianças que precisam de limites.

A escola liberal, ao contrário do que muitos pensam, não é um local onde a criança pode fazer o que bem pretender. O que a difere da conservadora, é o método pedagógico que estimula o raciocínio, fazendo o aluno pensar através de jogos interativos, discussões em classes, exercícios extracurriculares, entre outros. O aluno também tem total liberdade para se expressar, tendo a possibilidade de errar e aprender com o seu erro.

Todas as escolas têm regras a serem cumpridas. E a criança precisa de disciplina. Veja as dicas que separamos para você escolher uma escola com segurança:

1. Checar o espaço físico da escola. Se existe um local para a criança brincar e se as salas de aula são espaçosas.
2. Observar o clima dentro da escola. É fundamental que o ambiente seja harmonioso e com boa energia. Uma dica é perceber como os funcionários se tratam.
3. Checar os recursos materiais. Verificar se existem brinquedos e material didático suficiente.
4. Saber se a equipe de funcionários tem especialização.
5. Checar a segurança da escola. Desde como é feita a entrega das crianças, se os portões são seguros, se há funcionário suficiente até se existe acesso às informações sobre seu filho a qualquer momento.
6. Se a escola propõe atividades extracurriculares e com que freqüência.
7. Se existem espaços ao ar livre para as crianças brincarem.

 
Fonte:
Data: 16/12/2002
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.