Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
PISCINA: cuidados básicos para o seu filho não correr risco
 

Para os pequenos a piscina é sinônimo de diversão e muita brincadeira. Mas, por trás desta intenção existe algo peculiar às crianças: a curiosidade.

Pais devem estar sempre atentos às peripécias dos baixinhos, pois podem estar perto do perigo sem perceber. Portanto, você papai ou mamãe, abra os olhos e fique sempre atento.

Veja algumas providências que podem garantir a segurança dos filhos:

Você não deve...

1- Deixar o seu filho brincando na piscina do clube sem um salva-vidas por perto. Ainda que a piscina seja somente para crianças, saiba que podem se afogar mesmo “dando pé”.
2- Acreditar que somente algumas aulas de natação ou o nado "cachorrinho" assegura que o seu filho já sabe se virar sozinho.
3- Deixar brinquedos em volta da piscina e muito menos dentro da água. Isto simplesmente funciona como um ímã. Ensine-o a não correr perto da beira nem empurrar outra pessoa ou afundá-la dentro da água.
4- Deixar de levar o seu filho ao pronto-socorro caso ele engula muita água.

Você deve...

1- Colocar uma lona na sua piscina e certificar-se de que seja resistente, a ponto de suportar o peso de dois adultos.
2- Providenciar aulas de natação para o seu filho. Desta maneira, não correrá perigo se cair acidentalmente. Aliás, seria ótimo os pais saberem nadar, inclusive para a própria segurança.
3- Colocar bóia no seu filho se ele não souber nadar muito bem. E sempre que ele for à piscina é necessária a presença de um adulto por perto.
4- Matricular-se num curso de primeiros socorros. Se acontecer um afogamento, você poderá checar os sinais vitais e dar suporte até que chegue o socorro.

 
Fonte:
Data: 25/10/2002
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.